Vítor E. Silva Souza

Contato:
vitorsouza@inf.ufes.br
+55 (27) 4009-2196

Curriculum Vitae (CNPq Lattes) Google Scholar

Última atualização: Janeiro 2020.

Se o seu trabalho no NEMO (ou, mais precisamente, comigo) envolve o método FrameWeb, é interessante entender o básico da Engenharia Web e do Desenvolvimento Orientado a Modelos, além, é claro, do método em si. Seguem abaixo algumas sugestões de leitura.

Links nos títulos levam ao PDF, quando disponível. Links nomes nomes das editoras apontam para os DOIs dos artigos, quando estes o possuem. No caso de não conseguir a versão em PDF de alguma das referências abaixo para leitura, entre em contato comigo, pois alguns dos livros tenho disponível para empréstimo.

Engenharia Web

  • Presman, Roger S; Maxim, Bruce R. “Engenharia de Software – Uma Abordagem Profissional”. McGraw-Hill, 2016.
    • Capítulos 11, 17 e 25 tratam de particularidades das aplicações Web;
  • Ginige, Athula; Murugesan, San; “Web Engineering: an Introduction”. IEEE Multimedia, vol. 8, issue 1, IEEE, 2001;
  • Murugesan, San; Deshpande, Yogesh; Hansen, Steve; Ginige, Athula “Web Engineering: a New Discipline for Development of Web-Based Systems”. In: Web Engineering – Managing Diversity and Complexity of Web Application Development, Springer, 2001;
  • Deshpande, Yogesh; Murugesan, San; Ginige, Athula; Hansen, Steve; Schwabe, Daniel; Gaedke, Martin; White, Bebo Web Engineering. Journal of Web Engineering, vol. 1, issue 1, Rinton Press, 2002.

O Método FrameWeb

  • Souza, Vítor E. S. The FrameWeb Approach to Web Engineering: Past, Present and Future. In: Engineering Ontologies and Ontologies for Engineering, 1 ed., NEMO, 2020, pp. 100-124.
    • Este capítulo é parte de um livro em homenagem ao prof. Ricardo Falbo (disponível gratuitamente também em formato e-book nas plataformas Kobo e Apple Books) e apresenta um panorama geral do FrameWeb ao final de 2019: o que já foi desenvolvido, o que já pode ser feito com as ferramentas disponíveis e o que está planejado para o futuro. Se você só vai ler um artigo sobre o FrameWeb, leia este;
  • Souza, Vítor E. S. FrameWeb: um Método baseado em Frameworks para o Projeto de Sistemas de Informação Web. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Espírito Santo 2007.
    • O FrameWeb é resultado do meu Mestrado na UFES e a dissertação é o documento mais completo sobre a proposta inicial do método. Ela engloba o conteúdo dos três artigos de 2007 listados em minha página de publicações e tem a vantagem (para brasileiros) de estar em português. No entanto, tem mais de 100 páginas, portanto, caso prefira, pode ser substituída pela publicação abaixo;
  • Souza, Vítor E. S.; Falbo, R. A.; Guizzardi, G. Designing Web Information Systems for a Framework-based Construction. Innovations in Information Systems Modeling: Methods and Best Practices, 1 ed., IGI Global, 2009, pp. 203-237.
    • Capítulo de livro que resume a proposta do FrameWeb, escrito após a dissertação de Mestrado já ter sido defendida. Para obter uma cópia deste artigo, entre em contato comigo;
  • Martins, Beatriz F.; Souza, Vítor E. S. A Model-Driven Approach for the Design of Web Information Systems based on Frameworks. Proc. of the 21st Brazilian Symposium on Multimedia and the Web, Manaus, AM, Brazil, ACM, 2015, pp. 41-48.
    • Ao retornar à UFES após meu doutorado, retomei a pesquisa em Engenharia Web e minha primeira aluna de Mestrado, Beatriz, propõe um meta-modelo para definir formalmente a linguagem de modelagem do FrameWeb, o que permite validar os modelos e construir outras ferramentas baseadas nesse meta-modelo, além de permitir que o método seja estendido para outros frameworks além dos originalmente propostos no meu Mestrado. Se preferir, pode ler sua dissertação de Mestrado, em português e mais detalhada/extensa;
  • Celino, Danillo R.; Reis, Luana V.; Martins, Beatriz F.; Souza, Vítor E. S. A Framework-based Approach for the Integration of Web-based Information Systems on the Semantic Web,”. Proc. of the 22nd Brazilian Symposium on Multimedia and the Web, Teresina, PI, Brazil, ACM, 2016, pp. 231-238.
    • Danillo, também aluno de Mestrado, propõe uma extensão de FrameWeb, chamada FrameWeb-LD, para facilitar a publicação de Linked Data (dados interligados da Web Semântica) em sistemas desenvolvidos com FrameWeb, estendendo o meta-modelo proposto por Beatriz para contemplar a especificação de vocabulários em Modelos de Entidade (anteriormente chamados de Modelos de Domínio);
  • Campos, Silas L.; Souza, Vítor E. s. FrameWeb Editor: Uma Ferramenta CASE para suporte ao Método FrameWeb. Anais do 16º Workshop de Ferramentas e Aplicações, 23º Simpósio Brasileiro de Sistemas Multimedia e Web, Gramado, RS, Brazil, 2017, pp. 199-203.
    • Silas, em sua Iniciação Científica, baseado no meta-modelo do FrameWeb, constrói um editor gráfico para os quatro tipos de modelo propostos pelo método (incluindo FrameWeb-LD), com suporte à extensão do método a partir do cadastro de novos frameworks e vocabulários. O editor está em constante desenvolvimento e seu código encontra-se disponível no GitHub, com instruções de uso detalhadas em um tutorial;
  • Almeida, Nilber V.; Campos, Silas L.; Souza, Vítor E. S. A Model-Driven Approach for Code Generation for Web-based Information Systems Built with Frameworks. Proc. of the 23rd Brazilian Symposium on Multimedia and the Web, Gramado, RS, Brazil, ACM, 2017, pp. 245-252.
    • Também a partir do meta-modelo de FrameWeb, Nilber (Mestrado) desenvolve um gerador de código, que produz automaticamente esqueletos de artefatos de código (ex.: páginas Web, classes Java) a partir de modelos construídos no FrameWeb Editor (no entanto, neste ponto o gerador não era integrado ao editor).
  • Prado, Rodolfo C.; Souza, Vítor E. S. Securing FrameWeb: Supporting Role-based Access Control in a Framework-based Design Method for Web Engineering. Proc. of the 24th Brazilian Symposium on Multimedia and the Web, Salvador, BA, Brazil, ACM, 2018, pp. 213-220.
    • Rodolfo, aluno de Mestrado, estende o meta-modelo, o editor e o gerador de código de FrameWeb para dar suporte a frameworks de segurança (autenticação, autorização, etc.), particularmente dentro do modelo RBAC (Role-Based Access Control).

Desenvolvimento Orientado a Modelos

Caso você vá trabalhar na evolução do método FrameWeb, em particular sua linguagem de modelagem ou ferramentas, sugiro também as leituras da trilha sobre Desenvolvimento Orientado a Modelos.